Solanum lycopersicum

Este é nosso tão conhecido Tomate e ele não é um legume, é um fruto. E também é difícil de imaginar que ele não seja italiano. A sua história é anterior a Jesus Cristo e é de muito longe do Mediterrâneo. Os Incas da América do Sul e os Astecas do México já o consumiam por volta de 700 a.C. Ele chegou na Europa pelas mãos de Cristovão Colombo e mesmo assim era visto como venenoso e utilizado como planta ornamental.

Por volta de 1522, os italianos vieram a conhecer o que é hoje o principal ingrediente da sua culinária. Foi o Chef italiano Raffaelle Espósito quem fez, o que se pode chamar de - a primeira pizza moderna do mundo com base no tomate - a pizza margherita – uma homenagem à Rainha Margherita, imortalizando assim, o tomate na cozinha italiana e mediterrânea. Com o passar dos anos, tornou-se ingrediente indispensável nas cozinhas do mundo inteiro. Atualmente, à medida que novos estudos e pesquisas são divulgados, o tomate é cada vez mais indicado para consumo por suas propriedades e benefícios que traz à saúde humana.