Valor nutricional

Com apenas 14 calorias em 100 gramas, o tomate é rico em Licopeno, um carotenóide que dá a sua cor vermelha. Contém vitaminas do complexo A e B, fósforo, potássio, cálcio e ainda, ácido fólico e frutose. Quanto mais maduro, maior a concentração desses nutrientes.

Os radicais livres

Os radicais livres causam sérios danos nas células e contribuem para o desenvolvimento de várias infecções e doenças, como câncer, doenças cardiovasculares, envelhecimento e morte celular. São produzidos durante as funções normais do organismo, como a respiração e a atividade física e também pelo hábito de fumar, superexposição ao sol, poluição do ar e estresse, entre outros.

O Licopeno neutraliza os radicais livres

O organismo desenvolve mecanismos de defesa contra os radicais livres - os antioxidantes. Alguns são produzidos naturalmente pelo próprio corpo, outros são obtidos a partir da alimentação, como a vitamina C, a vitamina E, a glutationa e os carotenóides – sendo o Licopeno o carotenóide que possui o maior poder antioxidante.

Os produtos derivados como molhos refogados, extrato de tomate e catchup são ainda mais ricos em Licopeno pois é solúvel no óleo/gordura. Um fio de azeite de oliva nas preparações à base de tomates facilita o transporte, a absorção e ação do Licopeno no organismo.

O Tomate, o Manjericão e o Orégano

O tomate enriquece qualquer prato. Associado ao manjericão e ao orégano, ele ganha no paladar e no aroma e amplia os benefícios à saúde.

O manjericão é rico em vitaminas A, B1, B2, B3 e C e sais minerais (Cálcio, fósforo e ferro). É antidepressivo, tem ação expectorante, antisséptica e tônica.
É muito saboroso. Na culinária, coloque-o sempre por último nos alimentos cozidos para que ele não perca os seus princípios ativos.

O orégano, de aroma inconfundível, é um antioxidante ativo com propriedades digestivas e antimicrobianas. Ideal para aromatizar molhos de tomate, pizzas, carnes, patês, etc. É sucesso nas cozinhas italiana, portuguesa, espanhola, francesa, mexicana e grega.

Uma vida mais saudável e mais gostosa

A ciência comprova a poderosa ação antioxidante do Licopeno reduzindo os riscos de câncer de próstata, câncer de mama, de pulmão e estômago. Reduz ainda os riscos de doenças cardiovasculares, aterosclerose, etc. Isso tudo sem contar no que ele é capaz de se transformar em receitas e pratos deliciosos, nas mãos criativas de cozinheiras, cozinheiros e chefs de cozinha do mundo inteiro.